sábado, 4 de dezembro de 2010

A VOZ DO VENTO

Imagem google


O vento quando sopra nas folhas
O teu nome sem parar
Lembra a hora difícil da escolha
Quando me pedias para ficar

Ouve a voz do vento em teus cabelos
Ela te diz que não te esqueci
O amor não morre, não fica velho
Vem comigo, o vento te diz

O mar que murmura queixumes
Quando vem quebrar na areia
Um amor assim não tem ciúmes

Deixa o sangue correr nas veias
O futuro pouco nos importa
O amor para nós é doce cadeia


Conceição Pazzola

Um comentário:

Maria Muadiê disse...

romântico e bonito, Ceiça.